Pontos de coceira em gatos


Os pontos quentes, as áreas de inflamação úmida que podem levar as nozes a um bicho, costumam ser considerados um incômodo apenas para os cães. Tome medidas para ajudá-la a evitar infecções bacterianas dolorosas.

Anatomia de um ponto quente

Os pontos quentes são áreas de dermatite aguda geralmente encontradas em regiões que o seu gatinho adora lamber, como as pernas e as costas, mas também podem ocorrer na cabeça. Um ponto quente começa com irritação na pele do seu gato. Essa irritação pode ter várias origens, como uma reação alérgica, um pequeno corte ou arranhão ou uma picada de inseto. Uma vez que a pele dela está irritada, o corpo do seu gato entra em ação acelerada. A área coça e inflama, iniciando um ciclo vicioso de lambidas e arranhões que danificam ainda mais a pele. Os gatos adoram lamber e pode ser difícil parar quando o seu gatinho começa o ciclo de lamber. A umidade que ela manifesta através de sua lambida excessiva cria a anatomia de um ponto quente.

Sinais e sintomas

Os sinais de um ponto quente são difíceis de ignorar. Você notará uma pequena área vermelha de calvície na pele do seu gatinho e, antes que você perceba, ela terá dobrado de tamanho. Outros sinais de um ponto quente incluem umidade localizada, pele vermelha escorrendo e coceira intensa. Agende imediatamente uma consulta com seu veterinário se você notar um ponto quente em seu gatinho. Não espere para ver se ele cura por conta própria. Os pontos quentes se desenvolvem muito rapidamente.

Tratamento

Seu veterinário irá primeiro raspar o pêlo ao redor da lesão para começar a tratar o ponto quente do seu gato. Isso pode ser extremamente doloroso para o seu gatinho, dependendo do tamanho e da localização da área afetada, então ele pode precisar ser anestesiado, embora geralmente isso não seja necessário. O veterinário irá então limpar a área com uma solução anti-séptica. Drogas ou cremes semelhantes à cortisona e um colar elizabetano são opções se a coceira e a coceira se tornarem insuportáveis. Se o seu gato contraiu um ponto quente grave, ele pode precisar de antibióticos e medicamentos para o controle da dor. Ao chegar em casa, é importante manter a área o mais limpa e seca possível. Seu veterinário fornecerá uma solução de limpeza e instruções para limpar a área.

Prevenção

A causa subjacente deve ser identificada a fim de prevenir totalmente qualquer ponto de acesso futuro. Gatos com pêlos grossos e longos são mais propensos a pontos quentes, já que sua pele não recebe tanto fluxo de ar como gatinhos de pêlo curto. Seus casacos retêm umidade e bactérias perto da pele; cabelos sujos e emaranhados são uma causa comum de pontos quentes. É importante limpar rotineiramente seu gato de pêlo comprido para evitar pontos de calor. Pulgas e carrapatos são outra causa comum de pontos quentes em felinos. Mantenha seu gato com um preventivo contra pulgas e carrapatos mensalmente se ele tiver tendência a dermatite por picada de pulga. Uma alergia alimentar também pode ser a culpada da coceira do seu gato. Consulte seu veterinário sobre dietas hipoalergênicas e um teste alimentar, se você acha que seu gato desenvolveu uma alergia alimentar.


Assista o vídeo: COCEIRA FORTE? RECEITINHA CASEIRA COM ALÍVIO IMEDIATO! Fran Adorno